Na manhã desta quarta-feira (29), na sala de formação do 33° Batalhão de Policia Militar de Bragança, sito a rua Vigário Mota, Centro da cidade, aconteceu uma reunião articulada pela Secretaria de Trabalho e Promoção Social, por meio da coordenação das ações estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (AEPETI), tendo como pauta principal, construção de agenda de prevenção e enfrentamento ao trabalho infantil e proteção ao adolescente trabalhador.
Estiveram presente no evento: Subtenente Araújo coordenador do PROERD, Subinspetor Monteiro, Ubiranilson, representando a Guarde Civil Municipal, Andreia da Silva Braga representando a Secretaria Municipal de Educação, Elaine Borges representando a 1° URE, Michel França representando o PROPAZ, Nil Brito CMDCA, Rosália Avelino CONSEGUE e Rosa Quemell Conselho Tutelar I
A palestra ficou a cargo da coordenação do AEPETI no município, por meio de seu coordenador Antônio Hugo Costa, que trouxe temas relevantes sobre o combate à exploração do trabalho infantil em nosso Município.
Em um dos temas foram abordados assuntos referente à frequência de alunos em sala de aula, devido a violação dos direitos das crianças, que se refere ao trabalho infantil nas rua, orla, comércio e bares, em outro comentário referiu-se de políticas públicas com os CRAS, CREAS, Conselho Tutelar I e II, Escolas Estaduais, Municipais e entidades não governamentais, na oportunidade cada representante de entidades relatou fatos do cotidiano de adolescentes de nosso Município.
“O trabalho infantil é uma grave violação aos direitos de crianças e adolescentes, abaixo dos 18 anos, é proibido trabalho noturno, perigoso e degradante, à única exceção é para aprendizagem em que a partir dos 14 anos, para ser aprendiz. O adolescente precisa frequentar a escola e ter bom rendimento” disse Antônio Hugo Costa, coordenador do AEPETI, no Município.

{gallery}conteudo/artigo/semtraps/agosto/29.08.2018/01{/gallery}
ASCOM SEMTRAPS.
Unidos para fazer o Melhor.

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

 

Skip to content