Membros do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae Pará se reúnem pela primeira vez em Bragança em extensa programação, na tarde desta quinta-feira, 2. O evento faz parte das ações do programa DCE de Portas Abertas, que tem como objetivo aproximar o Conselho dos pequenos negócios do Estado.

Durante o evento, foram apresentados os destaques do trabalho da instituição na região Caeté, em especial os avanços no apoio ao processo de obtenção da Indicação Geográfica da Farinha de Bragança, Ostreicultura, Feira Livre e as estratégias de ação para o segundo semestre deste ano. Houve ainda um momento de homenagem pela conquista do prêmio no concurso “Transformando Vidas”, do Programa AL-Invest 5.0, a mais importante cooperação internacional financiada pela União Europeia para o setor empresarial da América Latina, conquistado pelo trabalho do Sebrae no apoio à cadeia produtiva de ostras.

O evento, que teve à frente o presidente do CDE, Fernando Yamada; os diretores André Pontes (diretor administrativo e financeiro), Frabrízio Guaglianone (diretor-superintendente) e Hugo Suenaga (diretor técnico), gerentes e técnicos da instituição lotados em Belém e na região do Caeté, contou com a participação de prefeitos e representantes de prefeitos da região do Caeté, secretários municipais e empreendedores, além de representantes do Banco do Brasil, Caixa Econômica, Basa e Banpará.

Na ocasião, foram expostas as características, problemáticas e aspirações dos municípios, na busca de estratégias que possam promover o avanço em cada um deles. “Esta é mais uma atividade de aproximação dos dirigentes do Sebrae aos pequenos negócios do interior paraense, para conhecer a realidade local de perto e, dessa forma, melhorar a atuação da instituição em prol desses empreendedores”, explicou o presidente Fernando Yamada.

O empresário Dennys Sousa, proprietário das Óticas Dennys, que tem matriz em Bragança e filiais em Belém e Augusto Corrêa, falou sobre a satisfação de receber a equipe do Sebrae, na Pérola do Caeté. “Bragança está de parabéns, porque é a primeira vez que o Conselho Deliberativo do Sebrae vem à nossa cidade para realizar uma reunião desse porte. E nós, empreendedores de Bragança, devemos acreditar em parcerias como essa, que é fundamental. Então tanto os lojistas como as pessoas do campo têm que se informar como funciona esta ferramenta chamada Sebrae. Hoje os negócios precisam de atendimento especializado e tecnologia, coisas que podemos adquirir por meio dos ensinamentos do Sebrae”, destacou Dennys.

PARCERIAS

O prefeito de Bragança, Raimundo Nonato de Oliveira, que aposta nas parcerias como estratégia para sua gestão, ficou muito satisfeito com a vinda do Conselho Deliberativo do Sebrae ao município e agradeceu o investimento. “Sozinhos nós não chegamos aos nossos objetivos, por isso, acredito em gestões arcadas por grandes parcerias. Na minha administração, todas as secretarias trabalham em conjunto. O mesmo digo em relação à Câmara Municipal, que também é grande parceira da Prefeitura. Com o Sebrae não é diferente. O Sebrae está aí para somar, para acrescentar conhecimento e assim promover melhorias no empreendedorismo. Só temos a agradecer a todos os conselheiros e parabenizar a instituição”, disse o gestor.

O vice-prefeito e secretário municipal de Saúde, Dr. Mário Júnior, ressaltou o apoio do prefeito Raimundo de Oliveira na vinda do Conselho Deliberativo do Sebrae até Bragança. “É interessante nesse trabalho do Sebrae o apoio incondicional do nosso prefeito Raimundo de Oliveira à iniciativa da instituição, que veio até ao nosso município para discutir questões relativas à melhoria da economia, de como criar o acesso aos bons resultados, tanto para Bragança como para os municípios vizinhos, sendo Bragança a principal referência da região”.

A secretária municipal de Trabalho e Promoção Social, Eliena Ramalho, aproveitou a presença de representantes de quatro instituições bancárias para solicitar linhas de micro-crédito para os agricultores que fazem parte do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). “Na semana que vem, estaremos fechando primeiramente com o Basa. A renda dos agricultores do programa PAA gira aqui no comércio de Bragança, fortalecendo a economia local. A gente fica muito feliz porque sabe que é o tipo do investimento que vai dar certo e os agricultores irão honrar o pagamento”, concluiu a primeira-dama.
O evento encerrou com a exibição dos demonstrativos das ações do Sebrae que vêm dando certo em diversos municípios paraenses, incluindo investimentos realizados na região Caeté.
Além da reunião, os conselheiros cumprem até hoje, sexta-feira, 03, agenda de visitas técnicas a empreendedores atendidos pelo Sebrae que se destacam no mercado e eventos.

{gallery}conteudo/artigo/pmb/diversas/agosto/17.08.2018/02{/gallery}

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

 

Skip to content