Prefeitura municipal de Bragança por meio da secretaria Municipal de Trabalho e promoção social realizou na manhã desta terça feira (9 de Julho), o cadastramento Social das famílias que residem nas margens do Rio Grande, conhecido popularmente como Rio Cereja, com início na av. Nazeazeno Ferreira (Bairro Pe. Luiz) e termino na área conhecida como Rua do Sal (Portinho-Bairro da Aldeia).

Participaram deste plano estratégico, 12 profissionais da Assistência Social, da Secretaria Municipal de Promoção Social, técnico da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA), Guarda Civil Municipal, Defesa Civil Municipal, que visitaram à rua José Caetano Ribeiro, Henrique Darcia, Alameda Leandro Ribeiro, trav. Paraguaçu, Visconde do Rio Branco e Visconde de Souza Franco.
Conforme estudo feito pela Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação Geral, Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Rural, Secretaria Municipal de Meio Ambiente-SEMMA, que realizaram levantamentos neste curso do Rio Grande (Rio Cereja) e identificadas construções irregulares na encosta, dificultando o escoamento adequado das águas pluviais que desaguam no curso do rio por ocasião do inverno amazônico, para possíveis inundações.
Posteriormente sejam remanejadas, objetivando o reassentamento adequado destas famílias cadastradas em outro local e assim realizar a desobstrução da área comprometida para um melhor fluxo do Rio Grande (Rio de Cereja) e uma ação para limpeza do rio, conforme solicitação do Ministério Público local e visando o controle de inundações para assegurar a saúde pública e o patrimônio público e privado.

{gallery}2019/conteudo/artigo/semtraps/07/09/01{/gallery}

ASCOM SEMTRAPS.
Unidos para fazer o melhor.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

 

Skip to content