Prefeitura Municipal de Bragança por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Promoção Social, realizou na manhã desta quinta-feira (17 de outubro), a primeira entrega de complementação alimentar do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), por meio dos quatros Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), Caeté, Marujada, Sapucaia e Ajuruteua e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).
Ao todo 200 famílias receberam as cestas compostas com produtos de qualidade oriundas do produtor rural, contendo: farinha, grãos, tubérculos, hortaliças e frutíferas, que foram entregues às famílias em acompanhamento, que são atendidas pelos serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e o Serviço de Proteção Integral a Família (PAIF).
No total foram arrecadadas 50 toneladas de alimentos, dos beneficiários fornecedores, das 110 famílias de agricultores cadastrados no Programa do PAA 2019, oriundas das 40 Comunidades do meio rural bragantino, pertencentes das quatro regiões: Cacoal, Campos, Emboraí e Montenegro.
Beneficiários recebedores: 25 instituições sócio assistenciais, das quais as seguintes:
– Abrigo dos Caetés
– APAE
– Associação dos Moradores da Aldeia
– Associação de Moradores do Conj. João Alves da Mota
– Associação Arte Social de Bragança
– CRAS Marujada
– CRAS Caeté
– CRAS Sapucaia
– CRAS Ajuruteua
– CREAS
– Pop Rua
– Centro Pop
– Pastoral da Criança
– Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
– Assembleia de Deus
– Lions Club
– Rotary Club
– Guarda Jovem de Bragança
– União de Mulheres de Bragança
– Fazenda da Esperança
– Hospital das Clínicas de Bragança
– Hospital Geral de Bragança
– Hospital Santo Antônio Maria Zaccaria

 

O PAA é um programa do Governo Federal, e executado pela Prefeitura Municipal de Bragança e administrado pela Secretaria Municipal de Trabalho e Promoção Social que busca incentivar a agricultura familiar, promover a organização produtiva e econômica no meio rural e o acesso à alimentação adequada e saudável. Por meio do programa é feita a compra de alimentos produzidos pelos agricultores, que são destinados às pessoas que não têm acesso à alimentação adequada e também para entidades de assistência social

{gallery}2019/conteudo/artigo/semtraps/10/18/01{/gallery}

ASCOM/SEMTRAPS.
Unidos para fazer o melhor.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

 

Skip to content