Ir direto para menu de acessibilidade.
  • Corpo de Bombeiros - 193
  • Conselho Tutelar-3425-2099
  • Disque Denúncia - 181
  • Polícia Militar - 190
  • Samu - 192
Início do conteúdo da página

SECRETARIA MUNICIPAL DE PROMOÇÃO SOCIAL ATENDE CENTENAS DE FAMÍLIAS CARENTES COM DOAÇÃO DE PESCADOS NO MUNICÍPIO.

Publicado: Sexta, 10 de Abril de 2020, 08h37 | Última atualização em Sexta, 10 de Abril de 2020, 08h37 | Acessos: 283

Prefeitura municipal de Bragança por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Promoção Social (SEMTRAPS), realizou na manhã desta quarta-feira (8 de abril de 2020), mais uma ação da Secretaria juntamente com a classe empresarial da pesca, na entrega de doação de peixe para o tradicional almoço da Sexta-Feira Santa no município.
Quatro toneladas de peixes da espécie timbiro, carachimbó e tambaqui, que foram distribuídas beneficiando famílias assistidas pelos quatros Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) Caeté (Aldeia), Marujada (Alegre), Sapucaia (Taira) e Ajuruteua (Vila Sinhá), como também comunidades de Santa Lúcia, Maranhãozinho, Cajual e Marrocos (Lixão Municipal), com o objetivo de beneficiar famílias em situação de vulnerabilidade social e índices de segurança alimentar e nutricional.
A ação teve o apoio dos acadêmicos de Engenharia de pesca da Universidade Federal do Pará (UFPA) e estudantes do Instituto Federal do Pará (IFPA).
A distribuição do pescado obedeceu aos critérios estabelecidos pelo decreto municipal n° 069/2020 de 1 de abril de 2020, para conter a propagação do coronavírus (COVID-19), com o distanciamento ampliado para as pessoas que receberam a doação, de modo que não houve qualquer aglomeração.
A Primeira Dama e titular da SEMTRAPS Eliena Ramalho e o Vice-Prefeito e Secretário Municipal de Saúde Dr. Mário Ribeiro Júnior, estiveram presente juntamente com os coordenadores e servidores municipais dos programas sociais do município na distribuição do produto como uma ação de grande relevância social.
“Estamos cumprindo o dever constitucional de garantir a essas famílias o direito humano a alimentação adequada para a Semana Santa, priorizando bairros e comunidades, cuja a população apresenta menor poder aquisitivo”, frisou a Secretária Eliena Ramalho.

ASCOM/SEMTRAPS.

registrado em: ,,
Fim do conteúdo da página