Ir direto para menu de acessibilidade.
  • Corpo de Bombeiros - 193
  • Conselho Tutelar-3425-2099
  • Disque Denúncia - 181
  • Polícia Militar - 190
  • Samu - 192
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

COMEÇOU O MÊS DE OUTUBRO, E ELE É ROSA

  • Publicado: Sexta, 04 de Outubro de 2019, 11h24
  • Última atualização em Sexta, 04 de Outubro de 2019, 11h24
  • Acessos: 481

Prefeitura Municipal de Bragança dá início a campanha Outubro Rosa, através da Secretaria Municipal de Saúde, durante evento esportivo na Academia da Saúde, na noite de quinta-feira, 03. Durante todo o mês, as Unidades Básicas de Saúde estarão com atividades extras, visando à sensibilização para o combate ao câncer de mama.
Outubro Rosa é uma campanha anual realizada mundialmente em outubro, com a intenção de alertar a sociedade sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama. A mobilização visa também à disseminação de dados preventivos e ressalta a importância de olhar com atenção para a saúde, além de lutar por direitos como o atendimento médico e o suporte emocional, garantindo um tratamento de qualidade.
O vice-prefeito e secretário municipal de Saúde, doutor Mário Junior, falou sobre a atuação da Secretaria Municipal de Saúde (Semusb) durante o Outubro Rosa. “Na verdade, todos os meses são rosas, porém, em outubro, nós damos essa ênfase, para que as mulheres possam se tocar, tocar a si próprias, e assim identificar se há algum nódulo ou algo de diferente em suas mamas. É importante que as mulheres de 50 a 69 anos façam mamografia a cada dois anos. E o que é mais importante, a prevenção do câncer de mama pode acontecer quando a mulher realiza atividades físicas, diminua o peso para ter um peso Idea e ter uma alimentação, não fumar e evitar bebidas alcoólicas em excesso”, explicou doutor Mário Junior.
A orientação da Semusb é de que ao identificar algo de estranho, como um nódulo ou caroço, na mama, a mulher procure com urgência uma Unidade Básica de Saúde, para ser atendida por um profissional médico, para ser avaliada. “Durante o mês de outubro, todas as Unidades de Saúde estarão orientando as mulheres a fazer o autoexame, além de exames com médicos e caso seja detectado algo, a própria Semusb encaminha o paciente para o tratamento a ser feiro”, concluiu doutor Mário Junior.

Fotos: Ivaldo Miranda

 
registrado em:
Fim do conteúdo da página