I Encontro Regional de Educação, realizado nos dias 30 e 31, no Teatro do Liceu, em Bragança, reúne representantes de 13 municípios vizinhos, para tratar sobre políticas públicas relativas ao segmento. O evento realizado pelo Governo do Estado visa promover melhorias na Educação em todo o Pará. 

O I Encontro Regional de Educação que tem como tema “Os desafios da educação paraense e a garantia do direito de aprender” busca caracterizar o cenário educacional paraense, a fim de circunscrever os municípios no cenário nacional, estadual e regional, visando reflexões, proposições e estabelecendo laços de colaboração entre os entes, em torno dos desafios a serem vencidos.
O evento tem como objetivo apresentar aos participantes evidências do contexto nacional e paraense de situações e problemas para que possam analisar e propor soluções pautadas em uma cultura de gestão da aprendizagem. 
Identificar desafios na área da política educacional a serem vencidos, visando a elaboração de planejamento regional estratégico para o desenvolvimento de ações integradas. 
A abertura do evento contou com duas apresentações culturais que muito emocionaram os presentes no encontro. Primeiro, o coral da Escola Maricotinha o Hino Nacional Brasileiro e o Hino de Bragança, para em seguida, o cantor e compositor bragantino, Toni Soares, apresentar número musical à base de composições próprias.
Após as manifestações culturais, começaram os pronunciamentos, quando o secretário municipal de Educação, Alexy Brito, deu boas-vindas aos participantes e agradeceu o empenho do Governo do Estado, pela realização do evento. “Bragança está feliz por essa oportunidade e queremos que todos os que vieram de outros municípios se sintam muito bem recebidos por nós, bragantinos. Aqui nós reafirmamos nosso compromisso de assumir a responsabilidade de promover uma educação de qualidade na rede pública de ensino. Por isso, agradecemos ao Governo do Estado, por mais essa iniciativa em prol do desenvolvimento da educação no Pará”, disse Alexy.
O vice-prefeito e secretário municipal de Saúde, doutor Mário Junior, ressaltou a importância do encontro para a educação no Estado, e citou o teórico Paulo Freire, como referência para uma diretriz melhor para o segmento. “Todos que estão aqui conhecem a educação na prática, porque estão na lida diária, nas escolas públicas. É importante a valorização da garantia de direitos tanto para os alunos como para os profissionais de educação. E gostaria de assinalar que não há como se fazer educação de qualidade no Brasil sem a referência do grande Paulo Freire, brasileiro de relevância internacional, que tanto soube dar as diretrizes para educação, baseado na nossa realidade”, assinalou o doutor Mário Junior. 
Quem encerrou os pronunciamentos na abertura do encontro foi a secretária de Estado de Educação, professora Leila Freire, que foi enfática ao destacar que a educação tem que ser vista de forma abrangente, sem que haja diferenciação entre a rede pública estadual ou municipal. “Não estamos aqui para discutir educação em âmbito estadual ou municipal. Estamos aqui para avaliar a educação em todo o estado do Pará. Por isso, nossa discussão será abrangente, visando avanços de maneira global. Temos que rever qual a educação que estamos precisando”, concluiu a secretária.

{gallery}2019/conteudo/artigo/semed/05/30/02{/gallery}

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

 

Skip to content