Conclusão dos Cursos de Panificação Caseira e Corte e Costura.

Coordenadoria Municipal da Mulher realiza a conclusão dos cursos de panificação caseira e corte e costura peças intimas com os CRAS em parceria com a SEMTRAPS e SENAR no município de Bragança.

Prefeitura Municipal de Bragança por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Promoção Social (SEMTRAPS) e a Secretaria Municipal Executiva de Gabinete (SEGAB), através da Coordenadoria Municipal de Promoção dos Direitos da Mulher (CMPDM) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), realizaram nesta semana de 16 a 20 de agosto, com os Cursos de Panificação Caseira e o Curso de Corte e Costura Peças Íntimas, realizado pelos quatro Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).
A Comunidade da Praia de Ajuruteua, distante da sede do Município 36km, recebeu o Curso de Panificação Caseira, promovido pelo Centro de Referência de Assistência Social -CRAS Ajuruteua (Vila Sinhá), ocorrido pela parte da manhã e tarde com carga horária de 40h onde 15 mulheres participaram
As moradoras participaram do curso de Panificação Caseira, ocorrido na Escola Municipal de Ensino e Infantil e Fundamental Nossa Senhora da Conceição, receberam às técnicas de elaboração, higienização, armazenamento, congelamento e comercialização de produtos como pães, bolos, salgados, panetone, biscoitos entre outros. A instrutora do SENAR Brenda de Nazaré do Carmo Brito, ensinou também receitas utilizando ingredientes regionais, que são mais procurados no comércio local.
O Curso de Corte e Costura de Confecção de Peças Íntimas (calcinhas e cuecas), aconteceu no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS Marujada), situado no bairro do Alegre, onde as participantes trabalharam pela parte da manhã e tarde com carga horário de 40h onde 9 mulheres participaram.
A Instrutora do SENAR Graciete Araújo explicou que existiam alunas de diferentes níveis, algumas tinham experiência em costura e outras não, mas até o final do curso todas conseguiram chegar a um bom nível de conhecimento técnico, onde trabalharam com detalhes, e o bom acabamento de costura, afirmou.
A Coordenadora Municipal da Mulher Ruth Cristina Torres, disse que a Gestão Municipal, acredita no desenvolvimento do município, por isso busca as parcerias para qualificação da mão de obra, uma vez que com os cursos o aluno tem boas chances de conquistar mais uma opção de renda para família.
Os cursos tiveram a participação da Coordenadora da Proteção Social Básica Erika Jeane Fonseca, Coordenadora do CRAS Marujada Ivaldiza Sousa, CRAS Ajuruteua Luciano Lucena, Coordenadora Municipal da Mulher Ruth Cristina Torres, Psicóloga Adriana Pimenta e da Assistente Social Marleth Brito de Oliveira.

ASCOM/PMB

 

Skip to content