A Prefeitura Municipal de Bragança, através da Secretaria Municipal de Trabalho e Promoção Social por meio da Coordenação da Segurança Alimentar e Nutricional, a frente o engenheiro florestal Jorge Ramos, acompanhado do Coordenador Regional da SEDAP/PA Tierry Gonçalves Neto, realizaram visita técnica nesta quinta-feira (18), pela manhã na Comunidade Rural de Anoira Mirim (PA 108 –Estrada do Cacoal/ ramal da Comunidade do Jararaca), a primeira parada da comitiva do PAA, foi na propriedade do Valmir da Silva do Carmo (Tauari), que recebeu todos com um bom café da manhã e em seguida foram convidados a conhecer sua produção de plantio de mandioca e farinha.
A segunda parada foi recebida pelos agricultores Jadson da Silva e Paulo de Sousa da Comunidade de Anoira Mirim, após as apresentações das comitivas presentes, foram contemplados com uma apresentação cultural dos filhos dos agricultores “A Dança da Farinha” com alunos da Escola Municipal Maria Torres de Sousa ( 1° ao 5° ano) a frente a professora Fátima Lima, a visita continuou pela parte da tarde, aos plantios e viveiros de propriedades de agricultores inseridos no programa, no final da tarde conheceram a praia do Rio Caeté da Comunidade de Anoira Mirim.
O objetivo da visita foi avaliar de perto a operacionalização do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), junto com os agricultores familiares cadastrados no programa nesta região que acompanharam a comitiva do Técnico da Segurança Alimentar e Nutricional, agricultores cadastrados de outras regiões (Peramucal, Atoleiro, Abacateiro, Acarpará, Tauari, Jararaca, Urupiuna, Km 8, Km 14 (Montenegro), Arimbú, Retiro, Pindoval, Cariambá e Japetá) que vieram conhecer novas culturas e poder expandir o conhecimento em outras áreas da agricultura familiar.
Durante o encontro o grupo avaliou, junto aos beneficiários do PAA, como as ações do Programa vêm sendo executadas, o grau de satisfação e as dificuldades enfrentadas.
O Programa propicia a aquisição de alimentos de agricultores familiares, com isenção de licitação, a preços compatíveis aos praticados no mercado, e adoção desses alimentos entregues para entidades socioassistênciais cadastradas.

{gallery}conteudo/artigo/semtraps/outubro/18.10.2018/02{/gallery}

ASCOM SEMTRAPS.
Unidos para fazer o Melhor.

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

 

Skip to content