A Secretaria Municipal de Saúde viabiliza vacinas contra sarampo e paralisia infantil para 9.290 crianças, de 06 a 31 de agosto, na cidade e na zona rural, contando com a parceria do Rotary Clube Internacional. A meta da campanha é vacinar 95% do público-alvo e para atingir este objetivo a sensibilização dos pais é fundamental.

A notícia foi anunciada oficialmente durante entrevista coletiva do vice-prefeito e secretário municipal de Saúde, Dr. Mário Junior, que explicou detalhes sobre a campanha para a imprensa.

As vacinas serão aplicadas diariamente, durante o horário comercial, em todas as Unidades Básicas de Saúde da cidade e da zona rural. Além dos postos de saúde, serão implantados centros provisórios de vacinação em pontos estratégicos, para atender a demandas que não dispõem de UBS às proximidades.

Na cidade, já estão definidos três pontos provisórios de apoio: a Praça das Bandeiras, o centro comunitário da Persilândia e o centro comunitário do conjunto João Alves da Mota, do programa Minha Casa, Minha Vida. O calendário de vacinação terá seu dia D em 18 de agosto, quando as doses serão aplicadas em todos os pontos, de 7h às 17h, sem intervalo para almoço.

Embora esteja sendo divulgado oficialmente que a campanha será de vacinação contra paralisia infantil e sarampo, a vacina do sarampo é tríplice, servindo também para combater rubéola e caxumba.

“Índios brasileiros foram contaminados por índios venezuelanos com sarampo, na fronteira, o que levou a haver registros de casos da doença em Rondônia e no Amazonas, o que acendeu um alerta para toda região Norte, por medida de precaução”, disse o secretário Mário Júnior. “Entretanto, há muitos casos de caxumba no Pará, por isso, a administração da vacina tríplice. Mas é muito importante assinalar que não há nenhum registro de sarampo em Bragança”.

CONSCIENTIZAÇÃO

O secretário chamou a atenção para a necessidade da conscientização dos pais em relação à campanha. “Como se trata de uma campanha focada para crianças de zero a quatro anos, público totalmente dependente, é fundamental que os pais se sensibilizem diante da causa e tenham consciência da importância da vacina para a saúde de seus filhos. Para alcançarmos a meta, é fundamental que haja a conscientização dos pais”, completou o vice-prefeito.

O subtenente Armando Araújo, presidente do Rotary Clube de Bragança, falou sobre a parceria da instituição na campanha, a qual contará com colaboração de voluntários rotarianos, além da sede do clube que também será um dos pontos de vacinação no dia D, 18 de agosto.

“A participação do Rotary no combate à erradicação de endemias é antiga e muito robusta. Há muitos anos que o Rotary financia vacinas contra paralisia infantil, além de disponibilizar espaços e voluntários em diversas ações em todos. É sempre uma grande satisfação para nós rotarianos prestar esse tipo de serviço, pois isso faz parte da essência da instituição”, concluiu o subtenente.

VACINAÇÃO
6 a 31 de agosto
Dia D – 18 de agosto
Locais – Todas as Unidades de Saúde da Família
Locais de apoio – Praça da Bandeira, Persilândia e Conjunto João Mota
Realização: Prefeitura de Bragança, via Secretaria Municipal de Saúde, e Rotary Clube Internacional

 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

 

Skip to content