Prefeitura Municipal de Bragança por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Promoção Social e a Coordenação da proteção Social Básica, realizaram na manhã desta quarta-feira, 10, as atividades do Projeto Social do Judô, desenvolvidas pelo Programa do serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), que envolve os quatro CRAS do Município, Marujada (Alegre), Sapucaia (Taira), Ajuruteua (Vila Sinhá) e Caeté (Aldeia), todos atendem os critérios conforme a idade dos usuários do Projeto Social.
O Programa é uma forma de mediação social planejada que estimula e orienta os participantes ao fortalecimento das relações familiares e comunitárias, bem como, a busca em promover a integração, interação e a troca de experiências entre os participantes.
Este ano, as atividades do Judô começaram no início do mês de janeiro, na Academia de Judô Mascote, localizada na rua João Alfredo (centro), sobre a coordenação do professor de judô, Sensei Jonh Andrade e sua equipe.
40 alunos estão matriculados pelos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), com atividades presenciais duas vezes na semana.
Com o atual cenário da pandemia, as turmas foram reduzidas, seguindo os protocolos de segurança, uso de máscaras de proteção facial, distanciamento social, uso de álcool em gel, desinfecção e limpeza do tatame.
A participação em atividades esportivas ajuda às crianças e adolescentes a se encontrarem e desenvolverem seu convívio social. As ações são medidas prioritárias da Secretária de Promoção Social Eliena Ramalho e sua Equipe Técnica.
Ascom/PMB
plugins premium WordPress