Abertura do mês da primeira infância do Programa Criança Feliz em Bragança.

Secretaria de Trabalho e Promoção Social (SEMTRAPS) realiza abertura do mês da primeira infância do Programa Criança Feliz em Bragança.

Prefeitura Municipal de Bragança por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Promoção Social (SEMTRAPS), através do Programa Criança Feliz (PCF), realizou na tarde desta segunda-feira (23), no auditório da Secretaria Municipal de Cultura, Desportos e Turismo (SECULDT), a abertura da Semana da Primeira Infância do Programa Criança Feliz (PCF), com o tema: “Limite e Afeto, Uma Dupla Que Dá Certo! ”, que acontece do dia 23 à 27 deste mês de agosto, onde serão promovidas atividades, palestras, oficinas, diálogos, debates e roda de conversas com as gestantes , sobre a importância da primeira fase da vida.
O evento contou com a participação dos Coordenadores dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro POP, CREAS, Bolsa Família, AEPETI, CMDCA, Conselho Tutelar I e II e os Supervisores e Visitadores.
O “MÊS DA PRIMEIRA INFÂNCIA” é um projeto com uma iniciativa do Ministério da Cidadania, do Governo Federal, visa proporcionar atenção à primeira infância através do estimulo ao desenvolvimento infantil integral.
De acordo com a coordenadora do PCF Erika Jeane Fonseca a programação tem a missão de informar, sensibilizar e mobilizar pessoas para que sejam protagonistas na defesa e promoção dos direitos das crianças nas suas comunidades, em seguida a palavra foi franqueada aos Supervisores, Coordenadores de Programas Sociais, Conselheiros Tutelares e visitadores.
O Programa Criança Feliz teve início em nosso Município em 2017, a equipe é composta por 14 visitadores e dois supervisores, que realizam visitas domiciliares para levar orientações de promoção ao desenvolvimento infantil, atendendo gestantes, crianças de até 3 anos e suas famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família ou inscritas no Cadastro Único e crianças de até 6 anos beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e suas famílias ou afastadas do convívio familiar em razão da aplicação de medida de proteção.

ASCOM/PMB.

 

Skip to content