Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

BRAGANÇA IMPLANTA O PRIMEIRO CONSULTÓRIO VIRTUAL DO TELESSAÚDE NO PARÁ

  • Publicado: Quarta, 20 de Setembro de 2017, 21h44
  • Última atualização em Quarta, 20 de Setembro de 2017, 21h44
  • Acessos: 166
imagem sem descrição.

Na tarde desta quarta-feira (20), o município de Bragança foi contemplado pelo Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Estadual de Saúde, em parceria com o Cosems e UEPA, com o primeiro consultório virtual do Telessaúde Brasil Redes, do Estado do Pará, um componente do programa de requalificação das Unidades Básicas de Saúde no Brasil.

Antecedendo a inauguração do consultório virtual na Unidade de Saúde da Família do Taíra, médicos, enfermeiros e odontólogos, participaram de uma oficina sobre o cenário nacional e estadual do programa nacional de Telessaúde: Desafios e avanços com o uso da tecnologia, proferida pelos técnicos do Ministério da Saúde, Felipe Farias e Jétron Williames e pela professora da UEPA, Cleide Paracampos, coordenadora de campo do Telessaúde no Estado.

Em seguida, Dr. Mário Ribeiro, vice-prefeito e secretário de saúde, representando o prefeito, Raimundo de Oliveira, presidiu a cerimônia de inauguração do primeiro Consultório Virtual do Pará, com a presença de representantes do Ministério da Saúde, SESPA, UEPA, Secretarias de Saúde de municípios vizinhos, secretários municipais, vereador Gleidson Miranda e de um grande número de profissionais da saúde de Bragança.

e61550a7 e69c 4710 9058 c397fbc25ce2

“O Objetivo da Plataforma Nacional do Telessaúde, é reduzir e qualificar a fila para as consultas especializadas dentro do SUS. E Bragança está sendo Piloto para o Estado com o Consultório Virtual com consulta médica e de enfermagem pro vídeo conferência, através de uma equipe formada por um médico, enfermeira e um técnico de informática em um prontuário eletrônico que vai permitir uma consulta com um médico especialista. Um avanço para a saúde de Bragança e região”, disse Cleide Paracampos.

“Esse projeto vai beneficiar a nossa população de Bragança e da região. Pois, irá facilitar o acesso às especialidades médicas através do uso da tecnologia aplicada à saúde que vai resolver à distância vários casos, inicialmente na especialidade de Neurologia, seguido da Cardiologia, Dermatologia, Endocrinologia, Mastologia e Infectologia, por meio do Sistema de Regulação”, comemorou Dr. Mário Júnior.

ASCOM / PMB

registrado em:
Fim do conteúdo da página