Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Bragança integra estratégia para reduzir mortalidade neonatal

  • Publicado: Sexta, 28 de Julho de 2017, 08h57
  • Última atualização em Sexta, 28 de Julho de 2017, 08h57
  • Acessos: 61
imagem sem descrição.

Com o objetivo de reduzir os índices de mortalidade neonatal em bebês com até 28 dias, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) e o Ministério da Saúde (MS) lançaram na tarde de quarta-feira, (26), no auditório da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, a segunda fase da Estratégia QualiNeo, que está sendo implantada simultaneamente em outros nove Estados da federação.

A proposta do Governo é reunir as principais ações desenvolvidas pela saúde da criança, como Hospital Amigo da Criança, Método Canguru (atenção humanizada ao recém-nascido de baixo peso), Bancos de Leite Humano, qualificação e habilitação de leitos neonatais, Reanimação e Transporte Neonatal. Por meio de apoio técnico e capacitação de profissionais, será garantindo ao recém-nascido o melhor início de vida.

Apenas três maternidades de cada Estado foram selecionadas, no Pará, receberão a estratégia neste primeiro momento e a replicarão posteriormente nos demais serviços, as maternidades dos hospitais de Clínicas Gaspar Vianna e da Santa Casa de Misericórdia, em Belém, e do Santo Antônio Maria Zaccaria, de Bragança.

Na ocasião, foi assinado um termo de adesão e compromisso entre representantes do Ministério da Saúde, Sespa, gestores dos hospitais envolvidos e secretarias de Saúde de Belém e de Bragança.

“Nosso objetivo é alcançar um alto padrão de pré-natal, acolhimento, parto seguro e humanizado e após a alta o projeto entra em ação em busca da redução da mortalidade neonatal”, disse a secretária em exercício de Saúde, Heloísa Guimarães, que representou o secretário estadual, Vitor Mateus.

“Estamos desenvolvendo oficinas de capacitação para qualificar as maternidades na atenção ao recém-nascido, buscando integrar todas as ações do Ministério da Saúde para a criança, aliadas com as ações das redes de atenção à saúde, envolvendo a atenção básica e a rede de urgência e emergência”, disse Renara Guedes, consultora técnica da coordenação geral da Saúde da Criança e Aleitamento Materno no Ministério da Saúde.

Dr. Mário Ribeiro Jr., secretário de Saúde de Bragança e diretor do Conselho de Secretários Municipais de Saúde, falou da importância da implantação da Estratégia QualiNeo para reduzir os índices de mortalidade neonatal em bebês no país, especificamente no Pará. “Comungamos da alegria de todos que compõem o Hospital Santo Antônio Maria Zaccaria em Bragança pela seleção de sua Maternidade para a Estratégia QualiNeo que irá contribuir ainda mais para a redução da mortalidade neonatal”, disse.

Presente ao evento, Irmã Estelina de Oliveira, superintendente do Hospital Santo Antônio Zaccaria, “Hospital Amigo da Criança”, reafirmou o compromisso e a missão de sua instituição para com o Programa em favor da vida. Ao longo de seus 65 anos, o HSAMZ se tornou referência em atenção à maternidade na região nordeste do Estado, além de servir de Residência Multiprofissional de Saúde em parceria com a Universidade Federal do Pará.

ASCOM / PMB

registrado em:
Fim do conteúdo da página